Nossos Links

Nós escolhemos viver uma vida para Cristo, uma vida de entrega, de abdicação, de devoção, e como marido e mulher, devemos ter esse mesmo proposito. Devemos ter a visão do que Cristo quer para nós, para qual proposito fomos criados, com certeza não é só para sermos “felizes para sempre”, Jesus tem algo sublime e magnifico para mostrar ao mundo através da união que Ele mesmo fez e abençoou.
As escrituras estão repletas de exemplos de como nosso casamento deve ser. É só olhar para Jesus e o seu relacionamento e amor para com a sua noiva.
Vós, maridos, amai vossas mulheres, como também Cristo amou a igreja, e a si mesmo se entregou por ela. Efésios 5:25
Aqui o apostolo Paulo, diz aos maridos para amar suas esposas como Cristo amou a igreja. Com isso, o marido toma um papel muito importante sobre a sua esposa e juntamente sobre os filhos.
A mulher deve entender e sentir-se segura quanto ao seu esposo cumprir esse papel de ama-la como Cristo amou e entregou-se pela igreja, por sua noiva.
O SENHOR é o meu pastor, nada me faltará. Salmos 23:1
Dentro do casamento, o homem se torna a cabeça da mulher, e, se Cristo é a cabeça do homem, neste salmo a mulher deve ter o prazer e orgulho em poder dizer: MEU ESPOSO é o meu pastor, e nada me faltará. Não que seu esposo esteja ocupando o lugar de Deus, mas por ser sua responsabilidade de cuidar, amar, proteger e por ela entregar até a vida se preciso for, ela deve ter sim a confiança em declarar que seu esposo cuidará dela da melhor maneira possível.
Romanos 8: 35-39 - Quem nos separará do amor de Cristo? A tribulação, ou a angústia, ou a perseguição, ou a fome, ou a nudez, ou o perigo, ou a espada?
Como está escrito: Por amor de ti somos entregues à morte todo o dia; Somos reputados como ovelhas para o matadouro.
Mas em todas estas coisas somos mais do que vencedores, por aquele que nos amou.
Porque estou certo de que, nem a morte, nem a vida, nem os anjos, nem os principados, nem as potestades, nem o presente, nem o porvir,
Nem a altura, nem a profundidade, nem alguma outra criatura nos poderá separar do amor de Deus, que está em Cristo Jesus nosso Senhor.

Em uma conversa com minha esposa, sobre a segurança que ela precisa ter quanto ao nosso casamento, após citar Efésios 5:25 e Salmos 23:1, lembrei-me de Romanos 8, onde diz: “quem pode nos separar do amor de Cristo?” Citando varias coisas, entre tribulações, angustia, perseguição e afirma que em todas essas coisas somos mais que vencedores, e nada, absolutamente nada, pode nos separar do amor de Deus. Eu li de forma que dizia que nada pode separá-la do amor do seu esposo, e que em todas as situações que viessem contra nosso casamento nós seremos mais que vencedores.
Um dia um irmão nos disse: Apague o significado da palavra divórcio para terem um casamento. Foi o que fizemos, perdi o significado dessa palavra, ela não cabe em nosso meio, não serve, não tem utilidade alguma para nós.
Peço que façam o mesmo, retirem essa palavra de sua mente, vivam juntos sem que essa palavra os assombre. E peço também que nós homens, leiamos essas passagens à nossas esposas nos colocando no lugar de Cristo, dando segurança a elas, dando a confiança de que NADA PODE SEPARA-LA DO AMOR DO SEU MARIDO.
Que Deus abençoe a sua semana e lhes traga a paz que só Ele pode nos dar!

O amor seja não fingido. Aborrecei o mal e apegai-vos ao bem.
Amai-vos cordialmente uns aos outros com amor fraternal, preferindo-vos em honra uns aos outros. Romanos 12:9-10


Amar ao próximo como a ti Mesmo?!


Logo cedo: Obrigado pelo convite(...) nos faz acreditar que ainda existem pessoas boas como você(...)
Recebi essa mensagem de um amigo, que nos visitou no ultimo culto.

Posso deixar bem claro desde já que foi com lagrimas no olhar que sai de casa nessa manhã. Mas não eram de tristezas, mas de alegria, e quanta alegria. A mensagem talvez tenha causado certo impacto sobre mim, mas outras coisas juntas nos fazem sorrir.

Gostaria que lessem esse texto com o coração completamente aberto ao que será dito, que não simplesmente lessem como um algo qualquer, mas que o recebam como alerta e zelo por seu próximo.
Segue:
                Quem devia pregar o amor, tem exalado o ódio, a rejeição, a acusação. Quem devia pregar a guerra, está pregando a paz, o sucesso, o falso amor.

Pois bem, quem são estes que pregam tais coisas? - A Igreja e o Mundo Secular.

A igreja, digo, a sociedade que forma a igreja, não placa, não congregação e muito menos denominações, mas nós, A IGREJA, temos pregado a mensagem errada àqueles que devíamos falar do amor, da paz, da aceitação, ao passo que o mundo, os tem conquistado com um amor ilusório, uma paz fajuta e um sucesso passageiro.

Vejo amigos convidar outros amigos para irem a bares, festas, entre outras coisas “boas”. E normalmente o convite deles é sincero, é com o desejo de que realmente o convidado se faça presente, pois eles gostam de estar juntos, seja lá para o que forem fazer, mas eles querem estar juntos.

Enquanto nós, e digo nós para não acusar A, B ou C, somos todos culpados, nos envergonhamos de convidar nossos amigos a irem cultuar ao Senhor, e olha, que até os amigos mais chegados. Temos medo do que eles dirão, do que vão pensar de nós. Temos medo de ser tachados pessoas caretas e tolas.

Nos calamos para convidar, para dizer uma palavra de amor, mas quando muda a situação, e temos a oportunidade de dizer que o amigo está errado, acusar de que ele está em pecado, de que ele precisa de Deus, ual, somos ligeiros, somos ágeis como o vento para propagar a mensagem de ódio da igreja. Aos homossexuais, aos ateus, aos pobres, aos ricos, aos negros, aos brancos, e tudo quanto pudermos acusar.

Sabe o que acontece enquanto perdemos tempo acusando? O mundo abraça, o mundo ama, aceita, e ainda oferece a fama e o sucesso. Sim, enquanto os maltratamos, o mundo os recolhe como uma mãe que deseja um filho e não pode ter, e adota com amor, cuidado e carinho.



E, abrindo Pedro a boca, disse: Reconheço por verdade que Deus não faz acepção de pessoas; Atos 10:34
Mas quem fizer agravo receberá o agravo que fizer; pois não há acepção de pessoas. Colossenses 3:25
Todavia, se cumprirdes, conforme a Escritura, a lei real: Amarás a teu próximo como a ti mesmo, bem fazeis. Mas, se fazeis acepção de pessoas, cometeis pecado, e sois redarguidos pela lei como transgressores. Porque qualquer que guardar toda a lei, e tropeçar em um só ponto, tornou-se culpado de todos. Tiago 2:8-10

Espero que seja mais que uma leitura, mas uma mudança de atitude. Tenham todos uma semana abençoada em nome de Jesus!

Antonio Diego, servo do Senhor.


Nossa atenção está do lado errado...

É chato falar sobre dízimos e ofertas, ainda mais nos dias de hoje, onde os escândalos envolvendo "pastores" desviando dinheiro de suas igrejas tem estado tão em foco na mídia. Mas tenho algo a dizer sobre isso.

SIM, EU SOU DIZIMISTA!!!

Tive dificuldades no passado em aceitar isso, não por conta da igreja, pois sempre foi claro onde o dinheiro da igreja era aplicado para todos nós. Mas por mim mesmo, sempre minha atenção ficava:

-Poxa, 10% da R$XXX,XX, era o valor exato daquela conta...

E por pensar assim, eu deixei (muitas vezes) de dizimar. E todos os meses eram as mesmas reclamações:

-estamos apertado, precisamos cortar gastos!

E por mais que cortássemos gastos, continuava tudo muito difícil. Foi quando meus olhos se abriram para o outro lado da moeda.

Se eu ganho (exemplo, rsrs) R$5000,00 por mês, o dizimo dá R$500.00

-UAL ISSO TUDO? O PASTOR VAI FICAR RICO!!! - Diria alguns.

Deus me deu R$4.500,00, e cabe a mim saber como administra-lo. E quanto mais eu ganhar, maior será o valor, mas além do valor do dizimo aumentar, maior será a parte que Deus vai deixar em minha mão.

Entendem a diferença? Nos prendemos nos 10% ao invés de pensar em como administrar melhor os 90% que ficam em nossa mão. E sério, se um dia você passar a ganhar 1 milhão, seu dizimo será monstruosamente alto, mas e os 90%? Não são valores suficientes para viver bem?

Eu trabalhei um tempo com menos de 1 salario mínimo, e dizia: Com isso dá para viver! E naquele tempo dava mesmo, mas com o passar dos anos, vieram esposa, filho, carro, casa, e aquele pequeno valor já não era mais suficiente para suprir nossas necessidades. Então fui em busca de melhorias, hoje ganho razoavelmente bem, mas continuo querendo ganhar ainda mais, não somente para ter coisas melhores, isso muitas vezes nem sequer passa em minha cabeça, mas para que eu possa ter condições de abençoar outras vidas. Deus não coloca em nossas mãos algo para nos expor como BEM SUCEDIDOS e sair por ai esnobando pessoas de classe inferior, Ele coloca em nossas mãos o poder de mudar vidas, seja com uma contribuição financeira, conselhos, ou até mesmo o simples fato de dar ouvidos a quem necessita.

Ouvi uma ministração do Jake Hamilton, que achei muito interessante, dizia: Quando entendemos o amor de Deus, começamos a abrir nosso tempo, nossa vida, nosso coração e nossa carteira...
Talvez nos falte esse amor, o ato de dizimar não é uma barganha que estamos fazendo com Deus, do tipo: Vou dizimar para que Ele me abençoe. Nem de perto seria esse o significado de dizimo. Dizimo é um ato de amor, e se amamos mais o dinheiro, será impossível amar a Deus de uma forma onde abrimos tudo de nós para Ele.


O problema do Jovem rico de Lucas 18, foi de pensar em tudo quanto tinha a perder, ao invés de pensar em tudo que ele tinha a ganhar, talvez hoje teríamos um livro na bíblia como O Livro do Jovem Rico, e não somente uma pequena história contando sobre seu coração duro.

Como essa outra passagem em Marcos 12:41-44:  E, estando Jesus assentado defronte da arca do tesouro, observava a maneira como a multidão lançava o dinheiro na arca do tesouro; e muitos ricos deitavam muito. Vindo, porém, uma pobre viúva, deitou duas pequenas moedas, que valiam meio centavo. E, chamando os seus discípulos, disse-lhes: Em verdade vos digo que esta pobre viúva deitou mais do que todos os que deitaram na arca do tesouro; Porque todos ali deitaram do que lhes sobejava, mas esta, da sua pobreza, deitou tudo o que tinha, todo o seu sustento.


Essas Palavras são tanto para evangélicos como católicos e todas as demais divisões da religião!

Encerro com essa outra passagem:

- Nenhum servo pode servir dois senhores; porque, ou há de odiar um e amar o outro, ou se há de chegar a um e desprezar o outro. Não podeis servir a Deus e a Mamom. Lucas 16:13


Graça e Paz sejam convosco, e que seus olhos sejam abertos!

Siga-nos por Email

Mais Lidos da Semana

Ocorreu um erro neste gadget
Romanos-8. Tecnologia do Blogger.