Nossos Links

Para baixar o Áudio e os outros arquivos do culto acesse:


Culto Gravado na Comunidade Evangélica Restauração, Jataí/GO.

Ministração: Hélio B. Junior
Deus pode ser brasileiro, mas Jesus Cristo com certeza é americano: ele veio de um planeta distante, cresceu no Estado do Kansas, trabalha como jornalista no “Planeta Diário” e nas horas vagas atende pelo nome de Super-Homem. Essa ideia blasfema é defendida pelo diretor Zack Snyder no filme “O Homem de Aço”, o reboot (reinício) da saga do mais famoso super-herói dos quadrinhos, que estreia no dia 12. O viés sacrílego é enfatizado com paralelos à vida de Cristo ao longo da trama de duas horas e vinte e três minutos. Como esclarece logo no início o pai do messias, Kal-El (nome real do Super-Homem, interpretado por Henry Cavill) foi o único ser de Kripton nascido sem pecado – e, aqui, pecado não significa o amor carnal, mas a geração do bebê utilizando métodos de modificação genética. Antes de colocá-lo em uma manjedoura high tech e mandá-lo para a Terra a tempo de ser poupado da destruição de seu planeta, o patriarca vivido por Russell Crowe tenta consolar a mulher: ele será um Deus para eles.
chamada.jpg
SEM VIOLÊNCIA
Super-Homem (Henry Cavill) é algemado:
o gesto de oferecer a outra face
Em entrevistas, Snyder tentou relativizar as referências. Disse que as alusões não foram propositais e já existiam nos quadrinhos. “Os personagens são arquétipos, literalmente bíblicos”, afirmou. O roteirista David S. Goyer fez coro ao colega e lembrou que tais ligações poderiam ser feitas também com Moisés e heróis da mitologia suméria, como Gilgamesh, ou das sagas nórdicas, a exemplo de Beowulf. Não é preciso ser carola, no entanto, para associar a infância de Clark Kent à do menino Jesus. Como o filho de Deus, Kent esconde os seus poderes “milagrosos” e, a princípio, rejeita ter sido o escolhido. Após se aconselhar com um padre (ao fundo vê-se um vitral mostrando Cristo no Jardim das Oliveiras), ele aceita o seu papel de salvador da humanidade. Detalhe: está com 33 anos, justamente como Cristo ao ser crucificado. Não bastassem esses elementos, numa cena de destaque, Kent alça um voo às alturas não com os braços apontados para a frente como é de costume na iconografia do Super-Homem, mas desenhando com eles a posição da cruz. Em outra passagem, após um fabuloso festival de explosões e efeitos especiais, o personagem desce do céu, capa ao vento, em câmara lenta. A inspiração parece ter sido a tela “Transfiguração”, do pintor renascentista Rafael, que mostra o homem santo pairando no ar.
Não imagine, contudo, que “O Homem de Aço” se resume a uma aula de catecismo em 3D. A trama central do filme trata do embate entre o Super-Homem e o vilão intergalático Zod (Michael Shannon), um general que tentou dar um golpe no planeta Kripton e foi colocado numa câmara criogênica. Após três décadas, ele se liberta do congelamento e vai atrás de Kal-El para tentar recuperar um objeto sagrado que teria todas as informações de sua cultura, o códex – assim poderia reconstituir Kripton na Terra. Conseguir isso significaria também eliminar o Super-Homem. Estudiosos dos quadrinhos afirmam que, ao ser criado em 1938, o herói tinha raízes não cristãs, mas judaicas. Seus criadores, Jerry Siegel e Joe Shuster, que eram judeus, queriam fazer um comentário ao êxodo do seu povo e à adaptação a uma nova terra. Por mais que a produção insista que não houve intenção de lhe dar caráter divino, um detalhe bastante laico prova o contrário: nas semanas antes da estréia, pastores das igrejas evangélicas dos EUA receberam materiais e assistiram às pré-estreias do blockbuster dentro de uma campanha de marketing da Warner Bros que mirava o público cristão. A campanha foi capitaneada pela empresa de relações públicas Grace Hill Media, especializada no segmento religioso. Não deu outra.
IEpag108e109SuperHomem-2.jpg
No seu lançamento o filme teve rendimentos superiores a US$ 115 milhões, a maior bilheteria da história no mês de junho. Publicações especializadas apontam que, para isso, pesaram bastante os sermões do Dia dos Pais (12 de junho nos EUA), que antecederam a chegada do filme aos cinemas.

Retirado da Revista Istoé (N° Edição: 2276)





Para fazer o download dos arquivos de áudio clique nos links abaixo:


Abertura e oração:                 http://is.gd/QGgHlv
Louvor Alto Preço:                http://is.gd/OyoeN5
Louvor: Escolho Te louvar:    http://is.gd/2c2w7Q
Louvor Tudo Vem de Ti:       http://is.gd/cL49yz
Louvor Casa Favorita:           http://is.gd/SW1Oo4
Mensagem Pastor Juvenal:     http://is.gd/PtVDNT
Mensagem Irmão Fabrício:    http://is.gd/j2YtJm





Culto Gravado na Comunidade Evangélica Restauração, Jataí/GO.

Ministração: Pr. Elmar
E toda a planta do campo que ainda não estava na terra, e toda a erva do campo que ainda não brotava; porque ainda o Senhor Deus não tinha feito chover sobre a terra, e não havia homem para lavrar a terra. Um vapor, porém, subia da terra, e regava toda a face da terra. E formou o Senhor Deus o homem do pó da terra, e soprou em suas narinas o fôlego da vida; e o homem foi feito alma vivente. Gênesis 2:5-7

Não havia HOMEM para lavrar a terra. Até aqui, não havia chovido sobre a terra, pois não havia quem pudesse cuidar daquilo que Deus criou. Só que Deus, chamou do pó à.
Quero que pensem em alguém acabado, alguém sem vida, que se encontra na mesma situação do homem naquele momento. Um nada, apenas poeira. Mas Deus, daquilo que era nada, deu vida ao homem, e enfim, Deus podia fazer chover sobre a terra.
Esse homem ou mulher, pode ser você. Você pode estar vivendo num momento em que se encontra um nada, o mesmo que o pó, mesmo que poeira que vai junto ao vento. Mas creia, Deus pode soprar sobre você VIDA.
Depois que Ele soprar Vida sobre você, Ele fará chover sobre a sua vida, chuvas de bênçãos, de vitorias. Não que agora você não terá mais problemas na sua vida, que será tudo moleza, mas que agora você tem Alguém por você, a todo instante Ele estará com você. Seus problemas, mesmo que sejam gigantescos, terão um proposito sobre sua vida. Te fará crescer, assim como a chuva traz o crescimento sobre as plantas. Deus fará você crescer através das chuvas, sejam elas boas ou más.
Amém!?
Eu profetizo sobre você VIDA, em nome de Jesus!


www.facebook.com/romanosoito


PORTANTO, agora nenhuma condenação há para os que estão em Cristo Jesus. Romanos 8:1
O começo para toda vida em Cristo, devia ser lido e relido esse versículo, pois somos muito acusadores, e o pior de tudo, é que acusamos a nós mesmos e não permitimos que o Amor de Deus venha sobre a nossa vida. Nos condenamos muito por todas as falhas do passado, e deixamos de viver coisas grandiosas, pelosimples fato de não dar ouvidos a esse versículo.
NENHUMA condenação há para quem AGORA está em Cristo. Foi assim que eu decidi mudar meu pensamento, não que agora eu esteja livre para fazer tudo que há de errado, não mesmo, mas simplesmente abandonar o meu passado, esquecer-me dos erros, e deixar que Deus opere em mim, o Seu perdão.
O perdão é difícil de ser liberado para quem foi ferido, mas nunca pensamos que quem errou também tem suas dificuldades em aceitar que foi perdoado. Muitas pessoas, mesmo após serem perdoadas por sua transgressão, por seu erro, falha, pecado ou qualquer outra coisa que tenha feito, não conseguem aceitar isso, ficam desconfiados, com medo de que o perdão não tenha sido verdadeiro, e ao invés de retomar sua vida de onde parou, ficam parados a espera de uma prova de que não existe mais nenhuma condenação sobre ele.
Foi isso que Jesus fez, ELE nos perdoou, mas será que aceitamos esse perdão de Deus? Estamos parados esperando uma prova maior do perdão ou já saímos para fazer o mesmo?
Entender o perdão de Deus nos faz querer fazer o mesmo com o nosso próximo, e mais que somente perdoar, cobrar deles também que vivam de mesma forma, pois perdoar é libertar-se da escravidão.

Adm: Antonio Diego

Siga-nos por Email

Mais Lidos da Semana

Ocorreu um erro neste gadget
Romanos-8. Tecnologia do Blogger.